SOS Ataque Hacker: seguradoras alertam sobre riscos cibernéticos, o Cyber Risk, em home office

Golpes cibernéticos, os famosos ataques hackers, proliferam devido ao trabalho home office, adotado por praticamente todas as áreas de comércio e serviço. Especialistas apontam o Seguro Cyber Risk como uma alternativa para os efeitos de ataques hackers e vazamento de dados acidentais ou intencionais.

A quarentena forçada da população obrigou muitas empresas a adotarem o home office para não parar seu trabalho e com isso, abriram as portas para os hackers e os ataques cibernéticos.

Corretoras e seguradoras que atuam no Brasil estão avisando seus clientes sobre a elevação do número de cyber ataques e apresentando o Seguro Cyber Risk, que cobre os prejuízos causados às próprias empresas ou a terceiros decorrentes de crimes cibernéticos, em casos de vazamento de dados ou paralisação das operações.

O aumento no número de profissionais realizando o home office tem contribuído para aumentar a vulnerabilidade das redes corporativas. Colaboradores trabalhando de forma remota, na maioria das vezes, não possuem um sistema de segurança digital adequado, facilitando assim, o acesso aos dados da empresa por hackers.

Estes hackers são mal intencionados, mas, muito inteligentes! Usam a chamada engenharia social, manipulando psicologicamente os usuários, conseguindo assim, que os profissionais façam exatamente o que eles querem, seja facilitando a entrada à rede corporativa, ou a divulgação de informações confidenciais.

A Apura Cybersecurity Intelligence, uma empresa especializada em cyber crimes,  fez um levantamento nas últimas semanas no Brasil e constatou a ocorrência de 63.463 eventos potencialmente fraudulentos com a palavra “coronavírus”. A consultoria também identificou a existência de 2.236 sites e domínios que fazem uso da palavra “coronavírus”, sem o certificado SSL (Secure Socket Layer), um protocolo que atesta se tratar de ambiente seguro de navegação e compartilhamento de dados.

Em teoria, todas as empresas são passíveis de invasão por hackers. As seguradoras atuam também como consultores de cyber risk e analisam as empresas para verificar sua capacidade de conectividade, adequação ao compliance e a periodicidade em que é feito a atualização dos softwares de segurança, entre outros fatores. 

As seguradoras também verificam as vulnerabilidades da rede corporativa, realizando análises através de softwares na “deep web” e “dark web”, desta maneira conseguem checar e saber se aquela empresa já sofreu algum cyber ataque ou teve vazamento de dados.

O Seguro Cyber Risk é a melhor alternativa para a sua empresa, possibilitando um efetivo e rápido gerenciamento de riscos, diante do impacto operacional e financeiro que um ataque cibernético ou cyber ataque, realizado por um hacker.

Saiba mais sobre o Seguro Cyber Risk clicando aqui e converse com um consultor da JRF Energy Brokers.

Fonte: https://glo.bo/39u2rT5

 —————————

Sua opinião é muito bem-vinda! Comente, se expresse, esse espaço é seu 😉

Por favor, verifique os termos antes de realizar seu comentário:

  • Os comentários do blog são moderados.
  • Só publique comentários relacionados ao conteúdo do artigo.
  • Comentários anônimos não serão publicados.
  • Não coloque links de artigos de seu blog nos comentários.
  • Deseja nos contatar? Acesse o formulário de contato aqui.
  • Os comentários não refletem a opinião do autor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *