Sua empresa adotou Home Office e agora? Tome algumas atitudes para não deixá-la vulnerável aos crimes cibernéticos

O Home Office tem feito parte da vida de milhares de brasileiros ao longo dos últimos dias. A segurança cibernética de informações e documentos deve ser preservada dentro e fora dos escritórios e, nesse artigo trazemos algumas medidas para evitar vazamento de dados.

A adoção do Home Office ou trabalho remoto por parte das companhias, pode trazer uma série de riscos de cibersegurança, deixando-as vulneráveis aos ataques de hackers, invasões e muitos e-mails ou mensagens de WhatsApp maliciosos.

Na tentativa de impedir a disseminação do Coronavírus (COVID-19), visando o mínimo contato possível entre as pessoas, empresas em todo o mundo têm intensificado o home office. No entanto, caso não tenha uma política correta de segurança da informação e um sistema de proteção digital adequado para o atual ambiente digital, a prática do home office pode trazer uma série de riscos, transtornos e prejuízos para estas empresas.

O risco pode existir através da conexão, muitas vezes não segura, em redes WiFi. Segundo um estudo da Kaspersky, das pessoas que utilizam rede sem fio aberta, apenas 8% afirmam conectar-se via rede virtual privada (VPN).

Ainda sobre o mesmo estudo, foi evidenciado que 44% dos entrevistados trabalham em locais com política de segurança corporativa sobre uso de smartphones e tablets, enquanto 35% estão em empresas sem nenhuma regra nesse sentido e 21% desconhece se há algum direcionamento implantado pela empresa.

O Coronavírus não apenas está colocando a saúde das pessoas em cheque, como também está sendo usado como isca por cibercriminosos para propagação de malware. Se por um lado o aumento do trabalho remoto ajuda a proteger a saúde dos trabalhadores, por outro, criminosos tentam tirar proveito do interesse por informações sobre a doença, ocultando arquivos maliciosos em documentos supostamente relacionados ao surto.

Veja como reduzir os riscos de invasão e vazamento de dados associados ao home office:

  • As empresas devem Fornecer um VPN (Rede Privada Virtual) para as equipes se conectarem com segurança à rede corporativa.
  • Restrinja os direitos de acesso dos usuários que se conectam à rede corporativa.
  • Eduque as equipes sobre os perigos de responder mensagens não solicitadas e acessar links ou baixar arquivos com origem desconhecida.
  • Instale as atualizações mais recentes dos sistemas operacionais e de aplicativos.
  • Proteja todos os dispositivos da empresa – incluindo smartphones, laptops e tablets – com uma solução de segurança adequada.

 

 

Não corra riscos desnecessários, a segurança digital de uma empresa é muito importante!
Para saber mais entre em contato com nossos especialistas, clicando aqui.

 —————————

Sua opinião é muito bem-vinda! Comente, se expresse, esse espaço é seu 😉

Por favor, verifique os termos antes de realizar seu comentário:

  • Os comentários do blog são moderados.
  • Só publique comentários relacionados ao conteúdo do artigo.
  • Comentários anônimos não serão publicados.
  • Não coloque links de artigos de seu blog nos comentários.
  • Deseja nos contatar? Acesse o formulário de contato aqui.
  • Os comentários não refletem a opinião do autor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *