Feedbacks construtivos em momentos difíceis: como realizá-los?

Receber elogio ou incentivo no trabalho está se tornando algo cada vez mais raro devido às exigências de atualidade e por conta do ambiente altamente competitivo. Todavia, fornecer retornos ou devolutivas aos colaboradores pode ser um instrumento facilitador para o desenvolvimento das atividades diárias.  

Se a comunicação organizacional exige clareza e assertividade para evitar desvios de finalidade, os feedbacks são ótimas maneiras de proporcionar direcionamento ao colaborador para que saiba o que deve ser feito para aprimorar o desempenho pessoal e contribuir para o crescimento dos negócios da empresa.  

Em momentos de dificuldade econômica e de crise sanitária como temos experimentado, o feedback construtivo adquire ainda mais relevância. Desse modo, apresentamos fatores importantes que podem colaborar nesse processo de avaliação e retorno aos colaboradores

Importância do feedback

Sempre que uma tarefa é solicitada a alguém, é importante verificar se o serviço foi realizado da forma desejada e trouxe o resultado esperado. Por meio do feedback, emite-se uma avaliação sobre a atividade, proporcionando uma devolução acerca do desempenho apresentado que pode ser positivo ou negativo. Os retornos são essenciais para que os profissionais tenham consciência sobre o desenvolvimento do seu trabalho e quais aspectos necessitam de ajustes para corresponder às expectativas da empresa. Ao estimular a cultura de feedbacks, a organização busca a excelência profissional e aprimoramento contínuo, pois permite demonstrar o que realmente espera de seus colaboradores.

Feedback construtivo

De modo geral, os feedbacks têm uma proposta construtiva, mesmo quando apresentam pontos negativos, pois se permite abandonar práticas ultrapassadas e ruins para se trabalhar de maneira fecunda. Ao apresentar as pontuações positivas, o feedback construtivo permite indicar as estratégias fundamentais para maximizar o desempenho pessoal e alcançar resultados ainda melhores, o que valoriza o trabalho e estimula o desenvolvimento de cada colaborador. O feedback construtivo não visa à analise do indivíduo, mas foca no comportamento assertivo e nos resultados alcançados, uma vez que permite transformar um momento de avaliação em oportunidade de crescimento profissional.

Agilidade

Ao perceber diminuição de produtividade, queda de rendimento ou erros específicos, é preciso agir pontualmente e dar feedback para os profissionais envolvidos nas questões, a fim de que os problemas sejam resolvidos rapidamente para minimizar os erros. Muitas vezes, os profissionais não perceberam as falhas e a devolução rápida é decisiva. O uso de metodologias ágeis e ferramentas digitais favorecem consideravelmente o controle, o acompanhamento, a avaliação e o feedback aos colaboradores.

Ética profissional

Por mais grave que seja o erro de um colaborador, é preciso agir com equilíbrio para não gerar constrangimento. Use de sensibilidade para apontar as falhas e indicar as melhorias comportamentais. Não exponha quem cometeu qualquer erro, pois o feedback é um instrumento de aperfeiçoamento profissional e não pode provocar humilhação e nem assédio.

Comunicação Não Violenta

Segundo especialistas, a Comunicação Não Violenta (CNV) é uma excelente ferramenta para a elaboração de diálogos construtivos e estruturação de feedbacks. Essa metodologia permite identificar os erros e seus motivos, sem envolver pessoas. Ao contribuir para o discernimento entre visões e sentimentos, é possível elaborar consensos e planos de ação acerca de realidades e expectativas.

Valorização

Ao iniciar o feedback, permita que o colaborador expresse o pensamento a respeito do trabalho e da empresa. Depois, aponte as qualidades do profissional e a importância de sua função para a equipe. Por fim, de modo sensato, apresente as correções e as melhorias que precisam ser tomadas baseadas em dados e informações. Agindo desse modo, o vínculo de confiança é mantido e favorece o engajamento das equipes para trabalharem com entusiasmo e superar as expectativas.

Planejamento

A melhor forma de concluir o feedback ao colaborador é fechar a conversa de modo positivo para as partes envolvidas. É possível planejar as ações, apontamentos e melhorias em conjunto para interferir positivamente na produtividade e nos negócios da empresa. Nessa etapa, a liderança faz a diferença ao indicar os caminhos a serem seguidos e motivar os colaboradores. Quando todos sabem aonde a empresa quer chegar e as formas para essa finalidade, o trabalho se torna mais fácil e agradável.

 —————————

Sua opinião é muito bem-vinda! Comente, se expresse, esse espaço é seu 😉

Por favor, verifique os termos antes de realizar seu comentário:

  • Os comentários do blog são moderados.
  • Só publique comentários relacionados ao conteúdo do artigo.
  • Comentários anônimos não serão publicados.
  • Não coloque links de artigos de seu blog nos comentários.
  • Deseja nos contatar? Acesse o formulário de contato aqui.
  • Os comentários não refletem a opinião do autor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *