Cultura Organizacional: o que é e qual a sua importância para as empresas

Quem não quer trabalhar em uma empresa que tem sinergia, qualidade e eficiência? A cultura organizacional proporciona isso e muito mais, pois o seu conceito está relacionado ao conjunto de valores, propósitos e hábitos compartilhados por todas as pessoas que fazem parte de uma empresa.

Juntamente com os objetivos estabelecidos no planejamento estratégico, a cultura organizacional norteia tanto as atividades internas e como os relacionamentos com clientes, fornecedores e diversos públicos, revelando a sua importância ao apresentar as referências para o desenvolvimento das ações. É determinante para o crescimento da empresa, pois orienta as atitudes de direção e controle.

A realização de serviços e a fabricação de produtos podem ser copiados de uma empresa por outra, mas não é possível imitar a cultura organizacional. Esta é formada por crenças, normas, linguagens e dinâmicas que interagem em um universo particular, o que a diferencia das demais no contexto em que está inserida.  

 

Benefícios

Ao favorecer a propagação e o entendimento da cultura organizacional em todos os ambientes da empresa, os resultados tendem a surgir naturalmente, destacando-se:

  • Ampliação de produtividade;
  • Aprimoramento das relações interpessoais;
  • Aumento de satisfação dos clientes;
  • Diminuição de despesas;
  • Fortalecimento da marca e da imagem;
  • Inovação;
  • Motivação pessoal e de grupo;
  • Retenção de talentos;

 

Desenvolvimento humano

Cabe à área de Recursos Humanos colaborar para a aplicação da cultura organizacional, contribuindo para a formação das equipes de trabalho. As contribuições oferecidas ao desenvolvimento de cada colaborador devem ir ao encontro das expectativas da empresa e indicar o comportamento esperado dos funcionários. O fortalecimento interno colabora significativamente para o engajamento às causas da empresa e melhora os resultados.

 

O papel do líder  

Para que a cultura organizacional possa ser vivenciada no dia a dia, é necessário empenho por parte da direção. Não basta apenas apontar as diretrizes, colocar no quadro ou postar nas redes sociais. É preciso rever procedimentos e buscar avaliações constantes. E isso pode ser feito de modo simples através de: conversas durante o cafezinho; bate-papo com os responsáveis pela conservação e limpeza; confraternizações; integração com atividades da CIPA; responsabilidade social; avaliação de clientes; contato com fornecedores; entre outras iniciativas que permitem colher impressões sobre a empresa e tomar decisões assertivas.

 

Engajamento e difusão

A vivência da cultura organizacional só pode ser notada com o entendimento de que cada colaborador também a constrói e, ao assimilar o seu conteúdo, passa a propagar no dia a dia. Por isso, vale a reflexão sobre:

  • Quais são os valores e a missão que a empresa defende?
  • Trabalho de acordo como a visão apontada?
  • Conheço as normas de conduta?
  • Tenho atitudes coerentes?
  • Busco crescimento profissional?
  • Pratico empatia e responsabilidade social?
  • Valorizo as ações de engajamento?

 

As respostas às referidas questões vão apontar o grau de envolvimento de cada um e servem de base para as possíveis ações a serem tomadas, visando o crescimento em grupo.

 —————————

Sua opinião é muito bem-vinda! Comente, se expresse, esse espaço é seu 😉

Por favor, verifique os termos antes de realizar seu comentário:

  • Os comentários do blog são moderados.
  • Só publique comentários relacionados ao conteúdo do artigo.
  • Comentários anônimos não serão publicados.
  • Não coloque links de artigos de seu blog nos comentários.
  • Deseja nos contatar? Acesse o formulário de contato aqui.
  • Os comentários não refletem a opinião do autor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *