Cuidados pós vacina

O início da imunização contra a covid-19 em várias partes do mundo e o anúncio dos planos de vacinação pelos governos estadual e federal tem levado muita gente à comemoração. Mas é preciso compreender melhor como será a vida depois do processo de imunização e os cuidados necessários para a manutenção da saúde humana.

As boas notícias trazem alívio e alimentam a esperança de que, gradualmente, dias melhores estão por vir depois de um período marcado por insegurança e restrições. No entanto, especialistas afirmam que ainda levará tempo para que tudo volte ao normal.

“Depois de tomar a vacina, é preciso voltar para casa, manter o isolamento social, aguardar a segunda dose e esperar pelo menos 15 dias para que a vacina atinja o nível de eficácia esperado. E mesmo depois, é necessário aguardar que boa parte da população já tenha sido imunizada para a vida voltar à normalidade,” esclarece Natália Pasternak, bióloga e presidente do Instituto Questão de Ciência.  

Sem vacilo

Distanciamento social, higienização das mãos e uso de máscaras continuarão sendo necessários até que quantidade razoável de pessoas já esteja vacinada. Não se pode vacilar. Segundo Antônio Bandeira, diretor da Sociedade Brasileira de Infectologia, a vacina gera anticorpos, em média, depois de dez dias da aplicação.

Capital humano

Zelar pela saúde dos colaboradores é uma tarefa que a cada dia se torna mais relevante para a direção das empresas e gestores de RH, uma vez que representa o cuidado pela integridade física e emocional dos profissionais da empresa. Os impactos da pandemia intensificaram esse olhar mais atencioso e sensível porque afeta positivamente o ambiente organizacional e a produtividade, o que traz resultados incríveis sob todos os aspectos.

Imunização

Mesmo os que contraíram a doença e se recuperaram devem tomar a vacina contra a covid-19. Segundo Ho Yeh Li, infectologista e coordenadora da UTI do Hospital das Clínicas da USP, “…é necessário observar o desenrolar dos resultados. A maioria dos estudos fizeram acompanhamento de 3 a 5 meses e boa parte dos pacientes mantém anticorpos detectáveis, mas ainda não dá para dizer o que isso realmente significa, porque há pacientes que, mesmo com anticorpos, se reinfectaram”, informou.

Investimento em saúde

Para acabar definitivamente com a pandemia são necessárias uma série de ações. Até porque o combate pode levar anos. Na visão de Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS), é preciso investir em quatro iniciativas mundiais: vacinas; preparação para a próxima pandemia; a saúde como fundação para paz e prosperidade; e o multilateralismo para proteger o futuro comum do mundo. “A pandemia provou que uma crise de saúde não é só uma questão de saúde, é uma crise social, econômica, política e humanitária. Se o mundo quer evitar outra crise nessa escala, investimento nas funções básicas de saúde pública é essencial”, disse a autoridade.

Participação e resultado

A implantação de campanhas de orientação e prevenção de saúde é decisiva para o engajamento de todos. Isso adquire ainda significado maior em tempos de crise. Diante de incertezas, os colaboradores aguardam manifestação e posicionamento da empresa, o que é imprescindível. Por isso, elencamos abaixo os principais benefícios que a sua empresa pode conquistar ao implantar medidas preventivas:

  • Aumento de motivação e engajamento;
  • Diminuição do número de afastamentos;
  • Elevação da qualidade de vida;
  • Favorecimento de empatia e confiança;
  • Fortalecimento da imagem institucional;
  • Estímulo à prática preventiva e hábitos saudáveis;
  • Incentivo à inovação;
  • Melhoria de rendimento;
  • Redução de custos com despesas de colaboradores;


Atitude

Há consenso entre os especialistas de que pelos menos por um bom tempo, a circulação do vírus será controlada com a aplicação da vacina para imunizar a população. Entretanto, isso não quer dizer que se deve abandonar a prática de hábitos saudáveis e de higiene. A manutenção do bem-estar coletivo e do desenvolvimento socioeconômico dependem do envolvimento de todos, cada um fazendo o que lhe cabe.

Fonte: CNN Brasil

 —————————

Sua opinião é muito bem-vinda! Comente, se expresse, esse espaço é seu 😉

Por favor, verifique os termos antes de realizar seu comentário:

  • Os comentários do blog são moderados.
  • Só publique comentários relacionados ao conteúdo do artigo.
  • Comentários anônimos não serão publicados.
  • Não coloque links de artigos de seu blog nos comentários.
  • Deseja nos contatar? Acesse o formulário de contato aqui.
  • Os comentários não refletem a opinião do autor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *