Como manter a saúde mental durante a pandemia global

Países de todo o mundo estão enfrentando sérios impactos econômicos e sociais por causa da pandemia. Diariamente, há notícias sobre o aumento do número de pessoas infectadas. E se já não bastasse o cenário caótico da saúde, ainda temos que conviver com as discussões entre egos políticos. É, não está fácil para ninguém! Mas, é preciso parar e respirar!  

Milhões de funcionários e empregadores estão se adaptando a circunstâncias e hoje, o “novo normal” é trabalhar de casa. O home office pode causar um estresse adicional nos profissionais, que precisam lidar com o trabalho junto com a família e animais de estimação.

O isolamento mexe com a cabeça das pessoas. A mudança da rotina pode gerar sentimentos de ansiedade e solidão. Precisamos aprender a administrar nossa saúde mental, para mantermos nosso bem-estar físico.

Uma pesquisa recente da Axios-Ipsos, feita com 1.000 pessoas, apontou que 43% dos entrevistados afirmaram que seu bem-estar emocional piorou nas últimas semanas.

O IBM (Institute for Business Value) realizou um estudo de “Como a tecnologia e os dados podem melhorar o acesso aos recursos de saúde mental” e apontou o ambiente de trabalho como um dos principais fatores que podem afetar a saúde mental dos funcionários. Este estudo também destacou o papel que a tecnologia pode desempenhar na atenção em tempo real, 24 horas por dia, 7 dias por semana. Este estudo atestou que as empresas que possuem programas para abordar o bem-estar e questões de saúde mental estão conseguindo diminuir muitos fatores psicossociais negativos que prejudicam pessoas e equipes.

Podemos afirmar que temos que prestar atenção em três aspectos para mantermos nossa saúde mental neste momento de pandemia:

1. Cuidados Pessoais – Temos que trabalhar uma combinação do que fazemos para proteger tanto nossa saúde mental quanto a nossa saúde física. O empregador pode oferecer recursos para ajudar seus colaboradores no que diz respeito ao seu cuidado pessoal, como cursos online, vídeos de exercícios, aplicativos de técnicas de mindfulness, acesso direto a profissionais de saúde mental etc. Estes recursos podem ajudar os colaboradores a enfrentar melhor o isolamento e balancear suas vidas profissionais e pessoais, mantendo foco, produtividade e engajamento.

2. Medo – Na natureza, o medo nos deixa mais alertas, é uma questão de sobrevivência. Temos que entender que o medo não é uma fraqueza e sim, um sinal evolutivo que capta nosso foco quando sentimos que estamos em perigo. Quando sentimos medo, nosso instinto animal nos leva a lutar ou fugir, mas, nosso lado racional e cognitivo acaba planejando uma reação pensada, com tática e consequências. Viver em um estado constante de medo causa estresse psicológico, um fator disfuncional e prejudicial a longo prazo.
Para diminuirmos o medo de trabalhar sozinho, as empresas podem oferecer ferramentas e recursos para seus colaboradores, e assim, ajudá-los a desenvolver um plano de ação.
Existe também o medo pessoal, em relação ao indivíduo e sua família, que também dependem de um plano de ação para que seja possível encontrar um novo senso de equilíbrio no núcleo familiar.
Existem ainda os atendimentos à distância, que podem ser feitos de forma confidencial. São aconselhamentos on-line ou por telefone, tão efetivas quanto os tratamentos realizados pessoalmente.

3. Resiliência – Todo ser humano é resiliente! Em momentos drásticos como o que estamos vivendo, precisamos ser capazes de nos reerguer e nos adaptar às adversidades. A resiliência é aplicável tanto às organizações como às pessoas, lembrando que a resiliência não é um traço de personalidade inerente, mas, uma habilidade que pode ser aprendida, fortalecida e praticada. Junto à resiliência devemos contar com a compreensão, porque cada colaborador vive uma realidade que nem sempre favorece o trabalho remoto, mas, todos estão se esforçando para garantir que tudo continue funcionando.

Estamos passando por uma situação única (em muitas gerações), que certamente nos afetou direta ou indiretamente e, pode ter transformado profundamente as nossas vidas. Se somarmos resiliência a determinação, poderemos sair deste momento fortalecidos e mais preparados para preservar a nossa saúde mental! Nunca se esqueçam, estamos todos juntos.

 —————————

Sua opinião é muito bem-vinda! Comente, se expresse, esse espaço é seu 😉

Por favor, verifique os termos antes de realizar seu comentário:

  • Os comentários do blog são moderados.
  • Só publique comentários relacionados ao conteúdo do artigo.
  • Comentários anônimos não serão publicados.
  • Não coloque links de artigos de seu blog nos comentários.
  • Deseja nos contatar? Acesse o formulário de contato aqui.
  • Os comentários não refletem a opinião do autor.

2 respostas

  1. Podemos aproveitar as dificuldades para nos fortalecer e seguir em frente , os obstáculos existem , e com eles podemos aprender e planejar cada momento de nossas vidas.
    É preciso tentar e não retroceder .
    Os grandes vencedores não se escondem , estamos juntos nessa Vitoria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *